Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2012

Renascer das cinzas

Não é recente o fenómeno de desertificação do nordeste algarvio, mas nos últimos anos a situação tem vindo a piorar drasticamente. Depois do surto de emigração para França, Suiça, Luxemburgo e Alemanha, principalmente na década de 60 do século passado, o regresso à terra nunca foi relevante e os filhos dos que cá ficaram, assim que puderam deslocaram-se para o litoral do Algarve, onde as oportunidade de emprego são maiores e melhor sucedidas. A serra foi assim tornando-se num imenso território despovoado, onde os principais aglomerados urbanos foram perdendo população, até restarem apenas, nalguns casos, menos de meia dúzia de pessoas. Naturalmente que o tempo não se detém e o envelhecimento dos resistentes foi factor para o não rejuvenescimento e consequentemente o seu desaparecimento. No seio deste serra imensa que separa o Algarve do Alentejo e que não deixa a sua fama por mãos alheias no léxico do povo, tão bem identificado pelas “passas” que são necessárias passar para transpor …