Mensagens

A mostrar mensagens de 2014

O Moedas de Beja

Imagem
Há umas semanas atrás quando se soube que o português escolhido pelo governo para o cargo de comissário europeu era Carlos Moedas, a oposição em peso contestou o nome, uns com mais veemência que outros. De todas as reacções achei particular piada à do PS que achava que a escolha devia ter recaído sobre Maria João Rodrigues, euro-deputada socialista (vá lá não se terem lembrado da Ana Gomes). Olhem que engraçado: o partido que quando esteve no governo mandou o camarada António Vitorino para a Comissão Europeia queria agora que o PSD escolhesse uma socialista.
Entretanto o mais curioso foi terem sentenciado que Carlos Moedas era um desconhecido para a opinião pública europeia, leia-se elite de esquerda da Europa, apenas conhecido pela troika (os maus da fita).
Hoje Carlos Moedas foi sujeito a uma espécie de prova oral a qual passou com distinção. Mais do que isso, o alentejano de Beja Carlos Moedas, provou que é possível a qualquer cidadão, mesmo de uma cidade do interior, chegar aos maio…

Faro e Olhão tiveram azar e nós todos também

Quem está confortavelmente sentado no seu local de trabalho a poucos metros ou quilómetros de casa e não tem todos os dias de enfrentar o inferno da avenida 125 ou suportar os custos da Via do Infante não precisa ler este texto.
Aos outros, nos quais me incluo, chamo a atenção para o seguinte:
1 – A cidade de Faro é a capital do distrito e por conseguinte onde se concentram uma série de serviços da administração pública, bem como diversas empresas e recebe todos os dias milhares de pessoas de outros concelhos que se deslocam preferencialmente de carro, uma vez que a realidade dos transportes públicos na região é a que se sabe.
2 – Para entrar em Faro de carro existem sobretudo três entradas: a avenida 125 tanto a poente como a nascente e a nacional 2 (a estrada que rasga em latitude o território português da capital algarvia até Chaves). Esta estrada nacional 2 é também conhecida por acesso à Via do Infante. Certamente o pior acesso de todos os que a A22 tem.
3 – As entradas em Faro, nos …